Aumenta rejeição a Lula, mas nenhum dos possíveis pré-candidatos para 2018 se beneficia

Publicado as  |  Sem Comentarios



O IBOPE Inteligência perguntou aos brasileiros o potencial de voto e a rejeição dos possíveis pré-candidatos à presidência da República nas eleições de 2018./,


 Marina Silva tem, hoje, um potencial de voto de 41% dos eleitores brasileiros: 13% dizem que votariam com certeza e 28% declaram que poderiam votar nela para presidente em 2018. Na sequência, aparecem Aécio Neves, com 40% (com certeza votaria – 15% e poderia votar – 25%), Lula, com 33% (com certeza votaria 19% - o maior dentre todos os nomes pesquisados- e poderia votaria 14%), José Serra, com 32% (8% e 24%), Geraldo Alckmin com 30% (7% e 23%) e Ciro Gomes com 19% (4% e 15%).


Por outro lado, o ex-presidente Lula é, dentre esses nomes, o que tem a maior rejeição dos entrevistados: 61% não votariam nele de jeito nenhum para presidente da República em 2018. O segundo mais rejeitado é José Serra, com 52%, seguido de Geraldo Alckmin (47%), Ciro Gomes (45%), Aécio Neves (44%) e Marina Silva (42%).


Em relação a outubro do ano passado, quando essa pergunta também foi feita aos brasileiros, a rejeição ao ex-presidente aumentou seis pontos percentuais enquanto que seu potencial de voto caiu oito pontos. A rejeição de Lula foi a única que cresceu nesse período. A dos demais candidatos caem e também aumenta o número dos que dizem que não conhecem o suficiente para opinar sobre os possíveis candidatos. A rejeição de Marina recua oito pontos; a de Ciro, sete; a de Alckmin, cinco; a de Aécio, três; e a de Serra, dois.


Porém, nenhum deles conseguiu absorver para si a rejeição ao ex-presidente, já que todos continuam com níveis de voto certo equivalentes ao que tinham em outubro: 42% (15% e 27%) para Aécio, 39% (11% de “com certeza” e 28% de “poderia votar”) para Marina, 32% (8% + 24%) para Serra, 30% (7% + 23%) para Alckmin e 20% (4% e 16%) para Ciro.


Os resultados aqui mencionados refletem a opinião da população neste momento e podem mudar ao longo do tempo de acordo com os fatos políticos que surgem, das candidaturas que serão oficializadas, bem como o desempenho e nível de conhecimento dos possíveis candidatos.


Sobre a pesquisa

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas com 16 anos ou mais em 142 municípios, entre os dias 13 e 17 de fevereiro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Ibope

Arquivado Em :

0 comentários :

Publicidade

©2013 - Site 100% Livre Crative Commons, Pedro X4 - Conteúdo Variado Criado por Pedro Victor - SEO
back to top